O Princípio “4-P” (4 perguntas a serem respondidas) Volume um

Esta é a primeira de 4 mensagens que tratam de 4 palavras, e de como elas podem levá-lo ao cumprimento do chamado e propósito de Deus. Eu as apresentarei em uma sequência de artigos até completar o ensino do princípio de “4-P”.

As 4 palavras que eu quero que você lembre são: Premissa, oração, promessa e provisão.

A primeira é PREMISSA.

Premissa é definida como: “Uma proposição que serve de base para, ou ajuda a se chegar a uma conclusão.” Pode-se dizer que uma pessoa fala baseada em certa “premissa.” Em outras palavras, uma conclusão prévia. Tal conclusão, seja ela qual for, é uma força ponderosa em sua vida para o bem ou para o mal, e todo mundo tem uma “premissa”.

Eis a minha “premissa”: Gálatas 6:7, “Não se deixem enganar (pelo diabo), não se zomba de Deus (o diabo não zomba), o que o homem semear, isto ele também ceifará”. Esta verdade é a fundação da minha vida.

Tudo em minha vida e ministério opera através desta “premissa”: o que eu semeio, eu colho. O engano e zombaria do diabo é sua tentativa de me convencer do contrário. O engano e zombaria do diabo é que eu posso semear um tipo de semente e colher um tipo diferente de colheita. Ou, pode ser a mentira de que eu posso dar para Deus e não receber nenhum retorno. Isto é engano e zombaria para Deus! Se eu semear boas coisas, eu colherei boas coisas. Se eu semear no Espírito, eu colherei da vida eterna do Espírito.

É óbvio o princípio de que toda semente deve produzir aquilo que é sem exceção. Maçãs produzem maçãs, todo o tempo e em todo lugar. Sementes de maçã plantadas no Brasil produzem maçãs. Sementes de maçã plantadas na África ou China também produzem maçãs. É a lei de Deus que não pode ser alterada. O poder da reprodução reside na semente. Então, minha “premissa” é que eu determino o resultado da minha vida e esforços, ao determinar as sementes que semeio, e onde eu as semeio.

Toda semente tem uma tarefa dada por Deus de produzir exatamente o que é. Sementes de dinheiro produzem dinheiro, sementes de carro produzem carros, sementes de amor produzem amor, sementes de graça produzem graça, sementes de perdão produzem perdão, e assim por diante. Aquilo que você precisa ou deseja determina a sua semente.

Escute esta poderosa verdade, sua colheita não vem segundo a semente que você tem, mas segundo a semente que você semeia. Quando você determina a colheita desejada, você está identificando a semente a ser semeada. Toda semente produz aquilo que é. Você pode orar por algo que precisa ou deseja, mas sua colheita não é o resultado de sua oração. Sua colheita é o resultado de uma semente semeada pela fé. Você pode estar perguntando a Deus: “Onde está o meu milagre?” Deus responderá: “Onde está a sua semente?” Sem semente, sem colheita!

Esta é a “premissa” da minha vida, está é a “proposição que ajuda a sustentar a minha conclusão”. Minha conclusão é que eu determino minha colheita em toda esfera plantando o tipo certo de sementes, na quantidade certa, e no lugar certo.

A Bíblia é a melhor fonte de informação e revelação sobre o assunto de semear esperando uma colheita. Eu sugiro que você pesquise as Escrituras para ser convencido desta verdade. Eu poderia dar-lhe as Escrituras e referências bíblicas, mas isto não produzirá os mesmos resultados, como se você mesmo abrir a Palavra de Deus. Em outras palavras, eu não vou fazer todo o trabalho.

Todo mundo tem uma “premissa”, que pode ser consciente ou inconsciente, depende do indivíduo. A “premissa” é a fundação sobre a qual alguém vive. Por exemplo, uma pessoa que acredita ser malquista, ou sem atrativos sempre será governada e dominada por está “premissa”, e descobrirá que as pessoas reagem a ela exatamente desta forma. Uma pessoa negativa, e que tem uma “premissa” negativa sempre se conduzirá de uma forma negativa, pois ela tem um quadro negativo desenhado em sua mente.

Qual é sua “premissa”? Eu lhe falei da minha “premissa”, e a sua pode ser diferente, e provavelmente é. No entanto, eu realmente encorajo você a examinar a si mesmo, e responder a pergunta: “Qual a premissa da minha vida?” Esta é uma tarefa difícil, e vai exigir uma análise bem séria de sua parte.

Sua “premissa” vai levá-lo à sua oração, então à sua promessa, e finalmente, vai levá-lo a descobrir sua provisão, o que vai trazê-lo, então à realização do seu desejo.

Aguarde minha próxima mensagem.

d.d.

 

3 Responses to “O Princípio “4-P” (4 perguntas a serem respondidas) Volume um”

  1. Rita Moura Says:

    Wonderful teaching Dan! Love you daddy.

  2. Olá!

    Que tal usar “prece” para traduzir “prayer” mantendo a inicial p?

    Paz.

  3. Marcos Santos Says:

    I´ve was tremendously blessed with your teaching

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: